Blog do professor jose luiz


Foi descoberto um planeta similar à Terra.

Veja detalhes

L.Calçada/EFE



Escrito por professor jose luiz às 19h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Paraquedista rompe a barreira do som em queda livre ao saltar da estratosfera

O austríaco Felix Baumgartner se tornou neste domingo (14) o primeiro humano a quebrar a barreira do som em queda livre, em um salto realizado a partir da estratosfera.

No que se tornou o mais veloz evento desse tipo, o paraquedista atingiu o máximo de 1.342 km/h nos 4 minutos e 20 segundos antes da abertura do paraquedas.

A confirmação do recorde foi feita por Brian Utley, da Federação Internacional dos Esportes Aéreos, pouco após o histórico salto.

Baumgartner, 43, saltou de aproximadamente 39 quilômetros de altura e aterrissou em segurança no deserto do Novo México, nos EUA.

A velocidade do som depende da temperatura e do ar. Para quebrá-la na altitude do salto, o austríaco precisava superar 1.110 km/h.

Mais de 8 milhões de pessoas acompanharam a aventura ao vivo pelo YouTube e redes de televisão transmitiram o momento da chegada.

Nas redes sociais, o paraquedista foi amplamente chamado de "herói". A Red Bull, que patrocinou a empreitada, criou um site para acompanhar todos os detalhes (www.redbullstratos.com).

A empresa montou uma verdadeira operação midiática em torno do salto. Ao todo, o evento foi monitorado por 35 câmeras, espalhadas pelo balão, no solo e até no equipamento usado em pleno voo.

Devido à altitude e à baixa pressão, Baumgartner poderia ter diversas complicações de saúde, incluindo a evaporação de seu sangue e uma severa hipotermia.

"O momento mais emocionando foi quando estava na borda, prestes a saltar", disse o paraquedista em entrevista coletiva após a chegada.

Para driblar os contratempos, ele usou uma roupa especial --que alguns dizem ser mais avançada do que a dos astronautas da Nasa.

A aventura protagonizada pelo austríaco estabeleceu vários novos recordes. Foi o salto mais alto já registrado, quebrando a marca anterior que durava mais de 50 anos.

O salto do austríaco foi realizado a uma altura mais de dez vezes maior que os 3.600 metros de altitude média dos saltos convencionais.

Para conseguir pular dessa altura, Baumgartner saltou de um cápsula, carregada por um balão de hélio. Foi também o voo tripulado mais alto desse aparato.

ESTRATOSFÉRICO

A estratosfera é a segunda camada da atmosfera, e sua posição varia em geral até 50 km de altura. Saltos de paraquedas nesta altitude podem ser fatais se não houver o equipamento e a proteção adequadas.

Baumgartner, que é balonista, piloto de helicóptero e paraquedista profissional, treinou por cinco anos para se preparar para a missão.

Antes do salto de ontem, ele realizou outros mais baixos, mas também estratosféricos, para preparar seu corpo: 29,6 km em julho e 21,8 km em março.

O salto para valer deveria ter acontecido na última terça-feira, mas ventos fortes impediram a tentativa.

Coincidentemente, o salto acabou acontecendo no aniversário de 65 anos do voo do americano Chuck Yeager, o primeiro homem a quebrar a barreira do som em um avião.

Com informações da Associated Press

 

Transcrição na integra da folha de São Paulo

 

Camadas da Atmosfera

 

as camadas da atmosfera

 

  • Troposfera

É a camada da atmosfera em que vivemos e respiramos. Ela vai do nível do mar até 12 km de altura. É nesta camada que ocorrem os fenômenos climáticos (chuvas, formação de nuvens, relâmpagos). É também na troposfera que ocorre a poluição do ar. Os aviões de transporte de cargas e passageiros voam nesta camada.
As temperaturas nesta camada podem variar de 40°C até –60°C. Quanto maior a altitude menor a temperatura.

  • Estratosfera

Esta camada ocupa uma faixa que vai do fim da troposfera (12 km de altura) até 50 km acima do solo. As temperaturas variam de –5°C a –70°C. Na estratosfera localiza-se a camada de ozônio, que funciona como uma espécie de filtro natural do planeta Terra, protegendo-a dos raios ultravioletas do Sol. Aviões supersônicos e balões de medição climática podem atingir esta camada.

  • Mesosfera

Esta camada tem início no final da estratosfera e vai até 80 km acima do solo. A temperatura na mesosfera varia entre –10°C até –100°C . A temperatura é extremamente fria, pois não há gases ou nuvens capazes de absorver a energia solar. Nesta camada ocorre o fenômeno da aeroluminescência.

  • Termosfera

Tem início no final da mesosfera e vai até 500 km do solo. É a camada atmosférica mais extensa. É uma camada que atinge altas temperaturas, pois nela há oxigênio atômico, gás que absorve a energia solar em grande quantidade. As temperaturas na termosfera podem atingir os 1.000°C. 

  • Exosfera

É a camada que antecede o espaço sideral. Vai do final da termosfera até 800 km do solo. Nesta camada as partículas se desprendem da gravidade do planeta Terra. As temperaturas podem atingir 1.000°C. É formada basicamente por metade de gás hélio e metade de hidrogênio.
Na exosfera ocorre o fenômeno da aurora boreal e também permanecem os satélites de transmissão de informações e também telescópios espaciais.

Fonte: www.suapesquisa.com



Escrito por professor jose luiz às 22h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
  Professor José Luiz
  Twitter do professor José Luiz
Votação
  Dê uma nota para meu blog